terça-feira, 21 de julho de 2009

Screen recording com o Camstudio Opensource

Conheci o Camstudio Open Source quando precisei fazer um vídeo-manual às pressas no trabalho. Procurei na internet por algum software gratuito para screen recording e o encontrei. Achei bem fácil de mexer, mas demorei um pouco até ganhar produtividade, pois ele não possui muitos recursos de pós-produção. Ou seja, não é possível acrescentar itens como uma trilha de áudio, legenda ou balões informativos depois da gravação. Mas não deixa de ser um bom programa.

Para quem não conhece, programas de screen recording permitem gravar em vídeo o que acontece na tela do computador. É muito útil para fazer vídeos explicativos de como utilizar algum software, por exemplo. É útil também nos casos em que você não consiga fazer download de um vídeo que esteja assistindo, pois é possível gravá-lo diretamente da tela.

Costumo utilizar em casa o Camtasia, que é um software comercial de edição de vídeo muito bom e que também faz screen recording. Comparado com ele, o Camstudio é meio pé-duro, mas já faz muita coisa quando consideramos o fato de ser gratuito.

O Camstudio permite marcar uma área fixa da tela para gravação, mas também possui recurso de pan, ou seja, a área pode seguir o mouse, de forma que seja possível gravar somente parte da tela de cada vez. Isso é muito útil quando se quer gravar um vídeo em formato pequeno de uma área grande da tela.

Permite também adicionar balões explicativos e gravar voz junto com o vídeo. O maior entrave que percebi é que esses recursos têm que ser utilizados simultaneamente à gravação, ou seja, não é possível gravar o vídeo e só depois acrescentar o áudio e os balões. E não é difícil perceber que fazer várias coisas simultaneamente dá muita margem a erros. Claro, é possível gravar o áudio separadamente e adicioná-lo mais tarde ao arquivo, mas só utilizando alguma outra ferramenta de edição, pois o Camstudio não o faz.

Quando eu o utilizo, prefiro deixar de lado o áudio. Acho que balões explicativos cumprem bem o papel de descrever o que está ocorrendo na tela. E também pelo fato de que não me sinto muito à vontade incluindo minha voz no material :-)

Quanto aos balões explicativos, existe o recurso de criá-los em sequência antes da gravação (como que montando um roteiro) e, depois, ir chamando-os em sequência quando estiver efetivamente gravando o vídeo. Para isso, é preciso simular a gravação do vídeo primeiro, ou seja, realizar a operação que se quer gravar, mas sem gravá-la: somente ir criando os balões em sequência dentro do que o programa chama de "biblioteca de layout". A posição de cada balão na tela fica também armazenada da biblioteca.

Depois de criada a sequência de balões explicativos, inicia-se a gravação do vídeo para valer: vai-se ativando cada balão gravado na biblioteca em sequência, para exibir o balão correspondente na sua posição e realizar a ação a ser gravada, o que fica melhor ilustrado nos vídeos do final deste post. Na imagem a seguir há um exemplo de balão (em amarelo):

Exemplo de balão explicativo no Camstudio

Outra coisa interessante é que ele possui um módulo para converter o vídeo gerado para o formato flash (SWF), que em geral é mais compacto do que o AVI. Tem alguns probleminhas, como por exemplo, o fato de somente gerar controles de play, pause e stop e não ter como ir para um ponto específico do vídeo, como ocorre com os players de AVI, mas funciona, principalmente quando se marca a opção para gerenciar memória, o que deixa mais estável a execução. Quando não marco essa opção, às vezes dá erro no navegador ao tocar o vídeo em flash.

Nos vídeos a seguir, divididos em três partes, mostro como criar um pequeno vídeo-tutorial no Camstudio. O assunto do vídeo-tutorial cuja criação será demonstrada é o seguinte: como definir MP3 como o formato padrão de armazenamento na biblioteca do iTunes.

  • Criar uma sequência de balões explicativos para incluir no vídeo. Tais balões explicarão as operações na tela no iTunes;


(Vídeo do Youtube de como criar sequência de balões explicativos antes de gravar com o Camstudio)


  • Gravar o vídeo utilizando a sequência de balões criada;


(Vídeo do Youtube de como gravar no Camstudio utilizando uma sequência de balões criada anteriormente)


  • Gerar versão flash do vídeo.


(Vídeo do Youtube de como gerar versão em flash do arquivo com Camstudio)


Observação: nos vídeos, eu utilizo o mouse para clicar no botão de pausar/continuar a gravação no Camstudio, o que é feito sempre que incluo ou removo um balão explicativo da tela. Mas também é possível utilizar a tecla de função F8 para pausar/continuar a gravação. Dessa forma, não é preciso ter a janela do Camstudio visível, o que é útil quando se quer gravar um vídeo de tela inteira, por exemplo.

2 comentários:

  1. Ótimo vídeo. Valeu a ajuda.

    ResponderExcluir
  2. Na guia shapes não aparece nenhum modelo

    ResponderExcluir